Danças Romani

60

minutos

Nível 0
Limite de Participantes
Professores

Na dança cigana é necessário sentir do âmago, derramar formas em prol dos sentidos…Ser mestre da própria alma e genuíno a cada respiração. Acreditar no próprio coração, ter a força e a determinação de um furacão. Na dança, o povo cigano invade-nos com um carácter assumido que não teme expressar o que sente. Gritam a emoção sem pudor nem forma concreta preferindo agarrar a vida com ousadia e seu próprio alento. Vivem das vísceras da sua própria alma. Um povo que se move com orgulho num qualquer gesto e a qualquer destino, no seu ritmo particular… e intenso. Anda a passo apaixonado e tem tanto de real e concreto como de sonho e fantasia. Ninguém passa despercebido perante as alegrias e tristezas de um cigano, pois ele manifesta-se de forma plena com todos os seus sentidos, mantendo-se fiel a si mesmo como povo e tradição, sempre na descoberta e conquistando o seu próprio destino.

As aulas visam desafiar as capacidades rítmicas e interactivas num ambiente que funde a aprendizagem da técnica de dança (incidindo principalmente na zona da Roménia e Rússia) com o universo lúdico de grupo característico das festas ciganas. Procura-se uma sinergia das danças femininas e masculinas do povo rom, criando um estilo zíngaro com fortes bases tradicionais e ao mesmo tempo criativo e próprio.